Head Office - Sydney

Level 21, 133 Castlereagh St
Sydney NSW 2000 Australia

T. +61 (02) 8076 6018

E. info@360degree.agency

S. info.360degree

Opening Hours

Segunda - Sexta 9am - 5pm

360 Degree - Brisbane

Level 3, 150 Edward St
Brisbane QLD 4000 Australia

T. +61 (07) 3012 9257

E. info@360degree.agency

S. info.360degree

Opening Hours

Segunda - Sexta 9am - 5pm

Nosso Blog News

Os 5 principais erros cometidos em currículos por estudantes na Austrália 

 

Finalmente você encontrou aquela tão sonhada vaga de emprego aqui na Austrália e se sente preparado e confiante para candidatar-se para ela. Porém, antes de enviar o seu currículo, mais conhecido como résumé, você deve parar e verificar alguns pontos! 

No blog de hoje, a gente compartilha com você os 5 erros mais comuns cometidos por estudantes na hora de preparar um currículo para o mercado de trabalho australiano. Se liga nas dicas: 

 

1. Não fazer uma revisão final 

Você conhece aquelas famosas linhas vermelhas que às vezes aparecem sob as palavras quando você digita? Isso significa que o seu corretor ortográfico detectou algo errado: volte ao currículo duas ou três vezes e verifique se tudo está 100% correto. É muito comum isso acontecer quando ainda não temos o domínio da Língua Inglesa – por isso o cuidado precisa ser redobrado. Então não deixe de pedir que um amigo ou professor, que tenha mais conhecimento na língua, faça também uma revisão final. Isso irá assegurar que o seu currículo não será descartado pelo avaliador por conta de erros de ortográfia.

 

2. Usar um endereço de email não profissional

Se você ainda usa aquele endereço de e-mail do ensino médio, como luanaflorzinha@hotmail.com, é hora de alterá-lo para algo mais profissional! Configure o seu endereço com o seu nome completo ou o mais próximo possível disso. Isso demonstra credibilidade e você será levado a sério pelo seu avaliador. 

 

3. Incluir muita (ou pouca) informação

Você pode ter um mestrado, mas escrever um currículo não é como escrever uma tese acadêmica. Muitos avaliadores decidem quem irá seguir ou não em um processo seletivo após uma rápida olhada na primeira página do currículo dos candidatos. 

Portanto, atenha-se a uma ou duas páginas de conteúdo e mantenha apenas as informações que são relevantes para o trabalho para o qual você está se candidatando naquele momento. Se o empregador achar que você é um candidato em potencial, você pode detalhar suas habilidades e experiência na entrevista. 

Mas também não faça um currículo superficial, deixando de fora informações importantes, pois isso também poderá ser prejudicial a sua candidatura. Ou seja: é necessário investir tempo e esforço para chegar ao formato ideal. É importante que você converse com pessoas que estão na área de trabalho que você quer atuar para entender qual é a melhor maneira de preparar o seu résumé.  

 

4. Não adaptar o conteúdo do currículo a vaga

Um currículo não é um documento que você prepara uma única vez e usa sempre o mesmo para todas as vagas. Os avaliadores conseguem identificar facilmente um currículo genérico, que não foi feito especificamente para a vaga a qual você está se candidatando! 

Você pode definitivamente usar um modelo para criar as diferentes versões do seu currículo, mas sempre que estiver elaborando cada um deles, pergunte-se: “como as minhas habilidades, minha educação e experiências profissionais me tornam a pessoa certa para este trabalho específico?”. Tenha sempre isso em mente na hora de elaborar cada uma das versões, pois será um diferencial! 

 

5. Não ter cuidado com a estética e formatação 

Excesso de cores, tipografias diferentes e uma formatação inconsistente: NO WAY! A menos que você esteja se candidatando a uma função criativa para a qual um currículo super divertido e colorido seja apropriado, mantenha-o simples! 

Use texto preto em papel branco e sem fontes engraçadas, por favor! Mantenha sua formatação consistente, use títulos e subtítulos, pontos, uso do negrito para destacar palavras-chave e espaçamento entre tabulações. Deixe que as palavras falem por si mesmas, pois o que importa aqui é o conteúdo!

 

DICA EXTRA: Não esqueça de adaptar o seu résumé para o formato e linguagem utilizados aqui na Austrália. Além disso, é comum que te solicitem o envio de uma “cover letter” ao se candidatar para uma vaga por aqui. 

 

Gostou das nossas dicas? Então agora corre para verificar como está o seu currículo! E não esquece de conferir a nossa lista de trabalho com oportunidades de emprego para toda a Austrália. Para acessar, basta clicar aqui!

 

Texto traduzido livremente pela 360 Degree Agency. Clique aqui para acessar o conteúdo original (em inglês) produzido por Insider Guides.

Photo by Bram Naus