Head Office - Sydney

Level 21, 133 Castlereagh St
Sydney NSW 2000 Australia

T. +61 (02) 8076 6018

E. info@360degree.agency

S. info.360degree

Opening Hours

Segunda - Sexta 9am - 5pm

360 Degree - Brisbane

Level 6, 200 Adelaide St
Brisbane QLD 4000 Australia

T. +61 (07) 3103 3639

E. info@360degree.agency

S. info.360degree

Opening Hours

Segunda - Sexta 9am - 5pm

Trabalhando na Austrália

Uma das principais dúvidas de quem decide fazer um intercâmbio estudantil na Austrália é como conseguir um trabalho por aqui. Sabemos que essa é uma questão que aflige muita gente que está chegando, afinal o custo de vida em cidades como Sydney, Melbourne e Brisbane é alto e pode assustar muita gente. Mas a verdade é que, independente do seu nível de inglês, não faltam oportunidades de trabalho para quem está vindo estudar nas principais cidades australianas. 

Por isso, se liga nesse post com aquelas diquinhas espertas que te ajudarão a conquistar o seu primeiro job na terra dos cangurus!     

 

1. Trabalhando e estudando na Austrália

Se você está vindo do Brasil para a Austrália com um visto de estudante, e o seu curso tem uma duração mínima de 14 semanas, você tem a permissão de trabalhar até 40 horas por quinzena durante o seu período de aulas e full time nas suas férias e school breaks. Essa permissão está diretamente vinculada aos seus estudos, por isso, nem pense em “matar” aula para ir trabalhar. Então, fique esperto na hora de buscar emprego, pois seus horários de trabalho deverão se encaixar com a sua rotina de aulas. 

Tenha sempre em mente que é o seu nível de inglês que te ajudará a conquistar novas posições de trabalho e que o job poderá te ajudar (e muito) a conquistar a fluência na língua. Quanto mais rápido o seu desenvolvimento no idioma, mais chances de você conquistar aquela vaga que você tanto sonha (e que pode até mesmo ser na sua área de formação profissional no Brasil)!        

 

2. Os tipos de trabalho mais comuns para estudantes

Contratos de casual e part time jobs são os mais populares entre os estudantes. Os tipos de trabalho mais comuns são os ligados a área de receptivo, eventos, atendimento ao público, construção civil, vendas e serviços gerais. 

Independente do seu nível de inglês, você conseguirá encontrar oportunidades de trabalho. Não é a toa que a taxa de desemprego no país é de apenas 5% e o crescimento econômico tem sido constante nos últimos 27 anos!  

Por conta da flexibilidade de horários e possibilidade de trabalhos aos fins de semana, os a maioria dos estudantes opta por trabalhar como cleaner, waitress, runner, barista, nanny, delivery, atendente de loja e recepcionista em eventos de pequeno ou grande porte.  

Então be open mind, pois você poderá fazer trabalhos que nunca nem imaginou (e com isso, pode descobrir novos talentos e paixões)!

 

3. Como posso me preparar para buscar trabalhos na Austrália?

Antes de começar a trabalhar por aqui, é crucial que você tenha o seu Tax File Number (TFN). Similar ao seu CPF no Brasil, ele será solicitado pelo seu empregador assim que você for contratado. Por ser um procedimento relativamente simples, você pode solicitar o seu TFN  por conta própria, através do site do Australian Taxation Office, Algumas agências de intercâmbio, como a 360 Degree Agency, dão suporte e auxiliam seus clientes nesse processo de solicitação e isso facilita muito a vida de quem não tem fluência no idioma. 

O próximo passo é escolher uma área que você tenha mais afinidade e verificar a necessidade de possuir licenças de trabalho para atuar. Para trabalhar na área de construção, por exemplo, você precisará ter o White Card – uma licença obtida em um curso de um dia que te preparará para trabalhar nessa área.

Licenças obtidas com sucesso, é hora de entender melhor o mercado de trabalho. É aí que os Workshops preparatórios poderão te ajudar. No Workshop de Barista, por exemplo, você aprenderá como preparar os tipos de cafés mais pedidos na Austrália. Nós da 360 Degree Agency em parceria com algumas escolas oferecemos esse tipo de suporte gratuitamente. Então é só ficar de olho no What’s on e correr para garantir a sua vaga já que os nossos workshops costumam ser concorridos.

 

4. Preparando o seu currículo

CV, resumé ou currículo: chegou a hora de colocar no papel as suas experiências profissionais que ajudarão a vender seu peixe por aqui. Por isso, nada de simplesmente traduzir o seu currículo do português para o inglês. Nossa dica é que você prepare um CV e uma carta de apresentação específica para cada um dos trabalho que você aplicar. Assim, você poderá destacar o seu histórico profissional e as skills que são relevantes para aquela vaga que está na sua mira. 

Inclua informações relevantes como cursos, referências profissionais e seus contatos. Atenção à redação e busque ser o mais conciso possível: faça uma revisão gramatical, cuide da estética e vá direto ao ponto. Lembre-se: a primeira impressão é a que fica!  

E para dar aquela forcinha extra, vai rolar Workshop de Resumé em Brisbane no dia 25 de setembro. Clica aqui para saber mais e garantir a sua vaga! 

 

5. Buscando vagas e oportunidades de trabalho

Currículo prontinho é hora de ir em busca do tão sonhado job. Mas como encontrar aquela vaga que é a sua cara?! 

Você pode buscar oportunidades de emprego em sites populares como o Seek ou o Gumtree ou ainda no LinkedIn. Há também diversas job lists que são divulgadas todas as semanas através das newsletters e sites das agências de intercâmbio.  

Uma outra possibilidade bacana são os centros de carreira que muitas escolas de inglês e VET possuem e que auxiliam os alunos na busca por trabalho. Não faltam também grupos de Facebook e WhatsApp voltados para ajudar quem está na busca de um emprego na Austrália. 

Deixar a vergonha de lado e bater de porta também pode ser uma ótima opção, especialmente se você está buscando oportunidades na área de Hospitality. A nossa dica aqui é que você escolha um horário em que o restaurante ou café não esteja tão busy e peça para falar com o manager do local. Coloque aquele sorriso no rosto e apresente-se de forma educada, formal e cortês. 

E nada de marcar bobeira! Esteja preparado para participar de um trial. Esse será um momento para avaliar o seu desempenho na função. É normal que você não receba pelas horas trabalhadas durante esse teste, mas é importante que converse antes com o empregador para acertar a quantidade de horas trabalhadas. No geral, o trial não costuma durar mais do que 4 horas. Por isso, vá com tempo livre e vestido de forma adequada. Afinal, você não vai querer deixar essa oportunidade passar, né?

E como quem tem amigo tem tudo nessa vida, é mais do que válido perguntar a sua rede de contatos se estão sabendo de alguma oportunidade e avisar que você está na luta. Quem sabe aquele contatinho não pode te dar essa forcinha extra?! 

 

6. Conseguiu a vaga?! Agora é só correr pro abraço!

Nada melhor do que receber aquela ligação do empregador dizendo que você foi aprovado e conquistou a vaga de emprego! Agora é só acertar os últimos detalhes e correr pro abraço!

Então, para que você possa atender as expectativas é importante que você saiba direitinho os horários de começo e final dos seus shifts, como será o pagamento do seu salário (por dia, semana, quinzena ou mês) e quais são as regras de trabalho do local. 

Fique atento também ao valor mínimo pago para cada categoria. Em 1 de julho de 2019 o Fair Work de NSW anunciou que o pagamento mínimo por hora, antes do desconto do Tax, é de AUS 19,49. Para saber se você está recebendo o seu pagamento de forma correta e se os seus direitos trabalhistas estão sendo respeitados basta acessar o site do Fair Work. Lá você encontrará informações em mais de 40 idiomas e ainda fazer uma denuncia, de forma anônima, caso você esteja tendo algum problema. 

Assim como qualquer outro trabalhador na Austrália, você deverá pagar seus impostos. Vale lembrar que se o seu rendimento no ano fiscal vigente for inferior a AUS 18.200,00, você não pagará impostos – na verdade, você será restituído ao fazer a sua declaração de imposto. Para saber mais sobre o Tax Return, a declaração de imposto aqui na Austrália, é só ler esse outro post que preparamos aqui no blog

A gente sabe que a conquista do primeiro job aqui na Austrália tem um gostinho todo especial. Por isso, pode contar conosco com dicas, workshops, divulgação de oportunidades de emprego e tudo mais que possa te ajudar.

Sucesso! 

Photo by Joshua Rodriguez