Head Office - Sydney

Level 21, 133 Castlereagh St
Sydney NSW 2000 Australia

T. +61 (02) 8076 6018

E. info@360degree.agency

S. info.360degree

Opening Hours

Segunda - Sexta 9am - 5pm

360 Degree - Brisbane

Level 3, 150 Edward St
Brisbane QLD 4000 Australia

T. +61 (07) 3012 9257

E. info@360degree.agency

S. info.360degree

Opening Hours

Segunda - Sexta 1pm - 5pm

Trabalhe como freelancer durante o seu intercâmbio na Austrália

 

Flexibilidade, autonômia e poder de decisão: três palavras que fazem parte do universo dos freelancers e que combinam com o estilo de vida de muitos intercambistas aqui na Austrália. Não é a toa que muitos estudantes internacionais têm optado por trabalhar como “freelas” já que a rotina mais livre costuma ser perfeita para aqueles que precisam focar também nos estudos. 

E essa não é uma tendência somente entre aqueles que estão fazendo intercâmbio na Austrália: as oportunidades de trabalhos casuais vêm crescendo no mundo inteiro e fazem parte de uma tendência conhecida como “gig economy”. 

No blog post de hoje, vamos te explicar o que esse termo significa, que impacto e possibilidades que isso abre para você durante o seu período de estudo e trabalho na Austrália e o que você pode fazer para se conquistar aquela oportunidade que você tanto deseja! 

 

Mas afinal, o que é essa tal “gig economy”?

A ideia de “gig economy” gira em torno do conceito no qual as empresas contratam trabalhadores em um período de curto prazo e com acordos flexíveis (algumas vezes sem contrato, para trabalhos pontuais). Geralmente, eles se baseiam na duração de um projeto, em uma parte específica de um trabalho ou em um curto período de tempo (por exemplo, um mês), dependendo das leis trabalhistas que regem cada país.

Para você ter uma noção, na Austrália, durante o ano fiscal de 2014/15, 32% dos trabalhadores no país trabalharam como freelancers. O trabalho temporário está se tornando cada vez mais comum – e há boas razões para isso.

No mundo digital e conectado em que vivemos, a força de trabalho está cada vez mais dispersa e, graças a internet, existem muitas as possibilidades de se atuar em uma empresa ou projeto que está acontecendo do outro lado do mundo, sem ter que sair de casa. Os trabalhadores autônomos agora têm a opção de atuar em áreas profissionais que surgiram recentemente, ampliando assim as suas possibilidades de trabalho. Da mesma forma, os empregadores agora podem selecionar talentos que estão espalhados ao redor do mundo para atuar em projetos específicos.

 

Quais os tipos de trabalho que estão disponíveis?

 

Teoricamente todas as indústrias sejam afetadas pelo trabalho de freelancer, um exemplo disso, são os casual jobs em Hospitality – algo muito comum aqui na Austrália. Entretanto, esse modelo ganha força a partir das organizações baseadas em projetos relacionados às áreas de tecnologia e indústrias criativas as quais estão crescendo e demandando cada vez mais profissionais em seus times. Funções relacionadas à redação, tradução, design gráfico, fotografia, web design, TI e gerenciamento de projetos são algumas das posições mais comuns entre os freelancers. Existem ainda trabalhos mais simples para aqueles que querem ganhar um dinheiro extra, como responder a pesquisas de mercado, avaliar produtos, digitalizar ou transcrever documentos. 

Uma outra profissão que ganhou força com esse cenário foi a de entregador de mercadorias, especialmente comida, e que é muito comum entre os estudantes internacionais aqui na Austrália. Fato é que a necessidade de empregos de curto prazo se estende desde funções mais júniores até designers e executivos altamente qualificados – abrindo espaço para profissionais com os mais diferentes perfis.

 

Como você pode se beneficiar ao trabalhar como freela?

 

A flexibilidade costuma ser o maior incentivo para que os estudantes internacionais optem por trabalhar como freelancers na Austrália. Como essas funções costumam ser desempenhadas individualmente, você pode se dar ao luxo de completá-las em seu próprio tempo (claro que, respeitando os prazos acordados). O equilíbrio entre a vida profissional e a escolar também pode ser mais facilmente balanceado do que quando se tem um trabalho em tempo integral.

Além disso, trabalhar em projetos variados e experimentar diferentes profissões pode ser extremamente valioso. Você tem a oportunidade de trabalhar com várias organizações, aprender novas habilidades de gerenciamento de tempo, aceitar feedback sobre seu trabalho e aprimorar sua rede de contatos. Perfeito para quem quer se inserir no mercado de trabalho local!

 

Quais são as desvantagens de atuar como freelance?

 

Como todo trabalho, atuar como freelancer também tem suas desvantagens. Manter um ritmo constante, dizer não a distrações e trabalhar de forma mais solitária são algumas das principais preocupações dos trabalhadores autônomos. Especialmente no início, a falta de consistência pode ser difícil de administrar e é importante lembrar que seu trabalho árduo valerá a pena – por isso, mantenha o foco!

Procure amigos para oferecer o trabalho inicial (mesmo se você o fizer de graça) e construa seu portfólio e redes contatos. Com quanto mais pessoas você se engajar e quanto mais projetos bem-sucedidos você estiver envolvido, mais fácil será para você conseguir conquistar mais trabalhos (e cobrar mais pelos seus serviços!). 

 

Como conseguir trabalho como freelancer

 

Um bom lugar para começar, é criando um perfil profissional em alguns sites específicos. Você pode administrar as suas contas e incluir uma notificação de aviso para ser informado quando novos trabalhos que correspondam à sua qualificação forem publicados. Aqui vão alguns sites:

 

The Loop

Upwork

Freelancer

Guru

Toptal

We Work Remotely

 

Vale lembrar que sites populares, como o Gumtree e o Seek, e grupos em Redes Sociais também são espaços nos quais você pode conquistar o seu job como freela. Não esqueça que você também precisará ter o seu próprio ABN (Australian Business Number), pois as empresas o tratarão como um “profissional independente”. Por fim, acione a sua rede de contatos e compartilhe com as pessoas os tipos de trabalho que você está buscando e suas qualificações profissionais. 

 

Se você estiver procurando emprego aqui na Austrália, como casual ou part time, não esqueça de conferir a job list que publicamos no nosso site semanalmente. Para acessá-la, basta clicar aqui. E se você está em busca de dicas para montar aquele Résumé dos sonhos, confira o nosso blog post sobre o assunto!

 

Photo by Alizée Baudez