Head Office - Sydney

Level 21, 133 Castlereagh St
Sydney NSW 2000 Australia

T. +61 (02) 8076 6018

E. info@360degree.agency

S. info.360degree

Opening Hours

Segunda - Sexta 9am - 5pm

360 Degree - Brisbane

Level 3, 150 Edward St
Brisbane QLD 4000 Australia

T. +61 (07) 3012 9257

E. info@360degree.agency

S. info.360degree

Opening Hours

Segunda - Sexta 9am - 5pm

 

Como escolher a sua acomodação na Austrália: conheça as melhores opções

Encontrar um lugar para morar no qual você se sinta bem, é um fator crucial para um intercâmbio bem sucedido. São muitas as opções e dúvidas na hora de escolher um lar aqui na Austrália.

No blog post de hoje a gente te apresenta algumas opções de moradia, vantagens e desvantagens, além do custo de cada uma delas – tudo isso para te ajudar a escolher a sua acomodação na terra dos cangurus!  

 

Homestay 

Opção muito popular pelas agências de intercâmbio, especialmente para quem vai estudar por um curto período de tempo ou para o período inicial de adaptação na Austrália. Essa é a opção para quem quer morar em uma “casa de família” e vivenciar de verdade o “aussie lifestyle”. Afinal, você estará inserido na cultura australiana através da convivência com uma família anfitriã local. 

As famílias que abrem as portas da suas casas para receber estudantes internacionais são previamente selecionadas pelas agências de intercâmbio ou empresas especializadas em acomodação estudantil. É comum que, assim como você, elas preencham um formulário explicando a rotina da família e da casa. Com base nessas informações é que a família com qual você vai morar é escolhida.   

As vantagens de optar por esse tipo de acomodação, especialmente na sua chegada, são muitas. A primeira delas é que a família vai te oferecer um sistema de apoio que é fundamental para a sua adaptação. Eles poderão te auxiliar com orientações relativas ao sistema de transporte local, dicas de locais para conhecer (e que muitas vezes são desconhecidos pelos estudantes internacionais) e até fornecer refeições (caso isso esteja dentro do pacote de moradia escolhido). Vale destacar também que essa é uma opção culturalmente enriquecedora, que pode ajudar a acelerar suas habilidades em inglês,  a entender o sotaque e as famosas slangs (gírias). Ao mesmo tempo em que o Homestay é um ambiente seguro e acolhedor a sua privacidade estará mantida, pois você terá um quarto privativo só para você.   

Por outro lado as homestays em algumas casos, podem ser afastadas dos centros das cidades australianas, área em que as escolas costumam estar localizadas. A disponibilidade de transporte também pode não ser das melhores e, por conta disso, você pode acabar perdendo um pouco mais de tempo se deslocando de uma região para outra, especialmente quando falamos de grandes cidades como Sydney ou Melbourne. Mas aí você usar esse tempo para estudar, ouvir música ou falar com a família no Brasil. It’s up to you!

É preciso considerar também como você irá se sentir morando com uma família que não é a sua e com um background cultural diferente. A nossa dica é que você procure entender as regras da casa e reflita se você se sentirá confortável vivendo dessa maneira.  

O custo de uma acomodação em casa de família não é dos mais baratos. Você pode escolher entre diferentes pacotes com ou sem refeições. Para ter uma base, em cidades como Sydney ou Melbourne você pode pagar entre AUD 250 e AUD 350 por semana, dependendo do tipo de quarto, refeições e comodidades oferecidas pela família anfitriã.

 

Shared ou Single Room (Quarto compartilhado ou privativo)

Alugar um quarto em uma casa ou apartamento é a opção mais comum entre aqueles que estão fazendo intercâmbio na Austrália. Você pode escolher um quarto compartilhado, ou shared room, o qual você dividirá, no geral, com outras duas ou três pessoas. Agora se você optar por estar com a galera, mas ainda assim ter um cantinho para chamar de seu, o single room, ou quarto privativo, é a melhor opção. 

Você pode procurar por esse tipo de acomodação em grupos ou no marketplace do Facebook. Existem ainda sites como o  www.flatmatefinders.com.au ou www.flatmates.com.au nos quais pessoas comuns disponibilizam vagas em suas residências. Os anúncios costumam conter o valor do aluguel semanal, um descritivo sobre os moradores e as regras da casa, o tempo esperado da sua permanência por lá e algumas fotos dos ambientes. É FUNDAMENTAL que você agende uma inspection (visita) antes de fechar negócio. Além de evitar que você caia em golpes, a inspection do imóvel é uma oportunidade para você conhecer e conversar com os outros moradores, conferir os detalhes do local com atenção e sentir se o ambiente te agrada. 

Ao alugar um shared ou single room é importante que você se informe sobre o valor do bond (uma espécie de depósito que você paga antes de entrar na casa) e em quais condições você deixa de recebê-lo de volta ao sair do imóvel. Verifique também a disponibilidade de transporte e como é a mobilidade na região para outros pontos da cidade. Muitas vezes o aluguel é mais barato em locais mais distantes do centro, mas ao somar os gastos que terá com transporte, você pode se dar conta de que essa é uma falsa economia…     

Os valores variam bastante de acordo com o tamanho da cidade e da localização. Um quarto compartilhado em Sydney na região da city tem o valor médio de AUD 200. Já um quarto individual costuma ficar em torno de AUD 280 no centro da cidade. Já em Brisbane o aluguel por semana pode variar entre AUD 170, para um shared room, e AUD 220, para um single room. 

No geral, esse tipo de aluguel acaba sendo feito de maneira mais informal, sem assinatura de contrato. Por isso, é super importante que você converse antes e entenda tudo nos mínimos detalhes. Se achar necessário, indicamos que registre por e-mail, WhatsApp ou até solicite um contrato simples. Em caso de dúvidas, você pode nos consultar e vamos poder te ajudar a esclarecer outras dúvidas. Não tenha medo de ser “chato”, pois isso pode te evitar muita de dor de cabeça, seja agora ou no futuro.  

Vale citar que aqui na Austrália é comum encontrar apartamentos e casas somente com residentes brasileiros. Se por um lado isso pode fazer com que você se sinta em casa, por outro é bem provável que você não venha a praticar o inglês com os outros moradores. Sem falar que você deixa de ter um contato mais próximo com pessoas de outras nacionalidades ou com australianos o que irá te ajudar a ampliar a sua bagagem cultural e a ampliar seus horizontes. Então, coloque os pontos positivos e negativos na balança antes de fazer a sua escolha! 

    

 

Residência Universitária

Essa opção é mais comum entre aqueles que vêm para a Austrália para fazer um curso superior, já que muitas universidades oferecem residências estudantis próprias dentro ou próximas aos campi.   

Ao optar pela residência universitária, você terá um quarto totalmente mobiliado, além de acesso ao Wi-fi, biblioteca e outras comodidades oferecidas pela instituição de ensino. É uma boa opção para quem quer focar nos estudos e se envolver de forma ativa na comunidade estudantil, participar de eventos esportivos, atividades sociais e ter contato direto com outros alunos. 

Nas grandes cidades australianas é comum que alguns campi estejam localizados em áreas mais afastadas da cidade, por isso, optar por esse tipo de acomodação pode te ajudar a poupar tempo e dinheiro já que você não precisará utilizar o sistema de transporte público com frequência. Entretanto, essa costuma ser uma opção de acomodação BEM mais cara e exclusiva para estudantes das instituições de ensino. Você pode esperar pagar entre AUD 200 (para quartos compartilhados) até AUD 750 por semana dependendo da acomodação escolhida. 

Não esqueça de verificar as regras de convivência. Algumas instituições de ensino costumam ser mais rígidas (a.k.a, caretas) e não permitem o consumo de álcool, receber visitas nas residências, possuem toques de recolher, além de oferecerem dormitórios separados por gêneros e, algumas vezes, os banheiros são compartilhados com muitas pessoas.  

 

Residência Estudantil

Além das opções de acomodação próprias das universidades é comum encontrar ao redor dos campi ou nos centros das principais cidades da Austrália grandes residências estudantis privadas. São complexos residenciais preparados para receber até 400 estudantes e que contam com uma infraestrutura completa – é só chegar com as malas e se instalar.   

Ao optar por esse tipo de acomodação você terá acesso a áreas comuns como cozinha e lavanderia bem equipadas, além de salas de jogos e cinema, academia, lojinha de conveniência e até piscina. Como a quantidade de estudantes residindo é grande, é impossível se sentir sozinho e fica bem mais fácil de fazer novas amizades!  

A configuração varia de quartos individuais, duplos ou triplos com cozinha e banheiro compartilhados a apartamentos compartilhados com 4 ou 5 outros estudantes ou ainda ter seu próprio apartamento de um quarto. Mas não se engane: apesar da excelente localização, os quartos costumam ser bem pequenos. Um outro ponto é que todo esse “luxo” custa caro – o valor dos quartos varia de AUD 350 a AUD 750 semanais. Ou seja: é uma opção para poucos. 

 

Gostou das nossas dicas?! Se você precisa de mais alguma informação ou ajuda para escolher a sua acomodação aqui na Austrália, entre em contato com a gente que te ajudamos a encontrar a melhor moradia para você. 

Ah! Se você escolheu Brisbane, Gold Coast ou Sydney como a sua cidade para morar na Austrália não deixe de conferir os posts que fizemos sobre os melhores bairros para viver nessas cidades. Basta clicar nos links abaixo para encontrar o bairro que é a sua cara!

Brisbane

Gold Coast

Sydney

 

Photo by Tobias Nii Kwatei Quartey